(21) 98859-6550
Português France Italian English Spanish

Limpezas de Cortinas e Persianas

Limpezas de Cortinas e Persianas

Data de Publicação: 3 de maio de 2019 Lavagem de Cortinas e blackouts

 

Como limpar Cortinas e Persianas

Com o passar do tempo os ácaros, pó e mesmo a poluição do dia-a-dia, vão se decompondo e acumulando em torno de pequenos detalhes de suas persianas, as vezes inperceptível aos seus olhos.

Mas ao longo do tempo o ambiente já não se torna tão agradável e saudável para as pessoas que ali passam grande parte do seu dia.

Para que não aconteça esse desgaste é necessário a limpeza e manutenção de suas persianas para que elas sempre permaneçam limpas e contribuindo assim para um ambiente limpo e agradável.

– Faça regularmente a limpeza das lâminas de sua persiana, usando um espanador ou aspirador de pó.

– Ao efetuar a limpeza periódica das laminas de sua persiana, faça-o sempre no sentido longitudinal da mesma.

– Para uma melhor conservação e maior durabilidade dos componentes internos (mecanismo) de sua persiana, lubrifique-os periodicamente com vaselina vegetal.

– Em hipótese alguma use Vaporetto para efetuar a limpeza de sua persiana, qualquer que seja o material da mesma.

– A cada período de 2 a 3 anos, faça a lavagem de sua persiana, o que proporcionará uma maior durabilidade à mesma, não esquecendo que para isso, você deverá contratar uma empresa especializada e idônea.

 A lavagem de Cortinas e Persianas, não retira:

– Desgaste do tempo (Cor Amarelada)

– Graxa (Parcialmente)

– Ferrugem (Parcialmente)

Obs.:
Nas cortinas em fibra natural não aconselhamos a utilização de métodos de limpeza que se utilizam de água, pois as fibras perdem a maleabilidade e textura original. (Aconselhamos o método de aspiração).

Dicas importantissimas para lavagem de Persianas

Agora devemos concentrar-nos nas avarias.

Nas persianas manuais , a maior parte das avarias está relacionada com a sobreposição de lâminas que ocorre quando puxamos demasiado depressa a fita de recolha ou quando o deixamos cair com alguma força.
Em qualquer dos casos, ou a lâmina entorta e sobrepõem-se a outra lâmina, ou então parte-se o fio ou fita que puxamos para o operar.

Nas persianas elétricas, as avarias já podem ser mais detalhadas e por vezes de resolução mais difícil.
O motor utilizado para operar o eixo pode ser demasiado fraco para o sistema em causa ou simplesmente não projectado para uma utilização superior a X vezes por dia.

Um problema comum é tentar parar a subida ou a descida da persiana com as mãos ou pelo impacto noutro objecto.
Isto força o motor e é muitas vezes responsável por termos um motor queimado nas mãos.

Se vai comprar um sistema de persiana eletrica com comando, prefira os comandos de parede e não os de mão.
Assim evitará ter mais um comando para guardar e se lembrar (dica especialmente útil para casas com crianças).